Suas mais claras águas do sul do país trazem a cada ano milhares de pessoas a desvendarem os segredos deste refúgio ecológico, quilometros dentro do oceano.

Leia Mais

Residencial Vista Bella

Leia Mais

Residencial Ilha dos Açores

Leia Mais

Residencial Enseada das Garoupas

Nossos Residenciais

Histórias de Bombinhas

Surgimento

A história de Bombinhas começa com os índios, primeiro habitantes do nosso país. Os índios que habitavam o litoral pertenciam à nação tupi-guarani, sendo denominados na região de carijós. Estes índios deixaram marcas da sua história através dos SAMBAQUIS, que são sítios arqueológicos onde podemos encontrar conchas , restos de peixes, utensílios domésticos, esculturas e outros artefatos indígenas, bem como sepultamentos humanos e REGISTROS RUPESTRES, que são desenhos, pinturas e gravuras feitas nas rochas. Muitos anos depois por volta de 1527, quando os primeiro colonizadores chegaram em Santa Catarina, os portugueses preocupados com as invasões espanholas, Portugal passou a preparar expedições à nova colônia a fim de garantir o seu domínio. Logo, seu governo demonstrou interesse pela Enseada das Garoupas, nome pelo qual foi chamada a região da península de Porto Belo. Em 1711, Manoel Gonçalves de Aguiar recebeu a ordem de realizar uma expedição à Enseada das Garoupas a fim de constatar as riquezas ali existentes, bem como a possibilidade de estabelecer um povoado no local. O resultado da expedição foi a conclusão da impossibilidade de fundar um povoado na Enseada. Em uma época um tanto turbulenta, devido a crises econômicas e terremotos na Ilha dos Açores e da Madeira em Portugal, a Coroa Portuguesa determinou, em 1735, o envio de casais açorianos para o Brasil. Assim, a povoação da Enseada das Garoupas transformou-se em vila de Porto Belo. Em 29 de Agosto de 1895 foi então criado o município de Porto Belo, tendo sido extinto em 1923 e criado novamente em 1925. Foi então que em 15 de março de 1992 o Distrito de Porto Belo se desmembrou, sendo criado o município de Bombinhas pela lei estadual de 30 de março de 1992.

Lendas

Há uma lenda sobre um navio espanhol do começo do século XIX, que realizou um desembarque e sepultamento na praia do Cantinho em Zimbros e tempos depois retornou para buscar o caixão, que segundo contam estava cheio de moedas de ouro, prata e de pedras preciosas ao invés de um cadáver; ou ainda o caso do anjo de ouro que os jesuítas ao serem expulsos do Brasil, teriam escondido na Ilha de Porto Belo, um importante sítio arqueológico local.

Características

Criado em março de 1992, este lindo município, com apenas 38,6 Km2 é o menor do estado de Santa Catarina. Possui fama internacional, devido a beleza de suas 18 praias e a qualidade de suas águas para a prática do mergulho.

A tendência do turismo marinho é tão grande no local que a região é conhecida como a capital Brasileira do Mergulho Ecológico. Existe uma enorme quantidade de operadoras de mergulho no município além do Museu e Aquário Marinho, o qual possui um importante acervo sobre ciências do mar exposto em todo o estado.

O formato de península também colabora com a beleza natural do local, que esta apenas 65 Km de Florianópolis. O ponto mais elevado do município é o morro da Antena, na divisa com o município de Porto Belo e tem, aproximadamente 170 metros de altura.

A população local de, aproximadamente, 7800 habitantes, chega perto de 90000 na temporada de verão.

Curiosidades


Segundo o IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - (2000), a cada ano a população do município cresce cerca de 10,3%.
A natureza de Bombinha é protegida por lei: devido a uma lei chamada de COTA 20 que diz que a área que esta acima de 20 metros do nível do mar é protegida e não pode ser derrubada.
Existem 18 praias paradisíacas nos arredores, que podem ser visitadas de carro ou de barco.
Temperaturas agradáveis o ano todo (máxima 39,5°, mínima 16°).
O barulho provocado pelo bater das ondas na praia lembra o estampido de uma bombinha.

Informações

Aeroporto de Florianópolis, fica a 70 km, operando vôos domésticos e Internacionais.
Aeroporto de Navegantes, fica a 50 km, operando com vôos domésticos através das principais empresas aéreas do Brasil.

Naufrágios

Já os naufrágios na região não foram muitos e de barcos de grande porte podemos citar: o patacho Português FLOR DO PORTO (1885 - Ilha do arvoredo e a ilha do macuco), o vapor brasileiro ORION (1912 - ilha do Macuco), o navio de passageiros O RIO (1926 - ilha do Macuco) e o cargueiro LILI (1957 - Ilha das Galés), O PRÍNCIPE DE ASTÚRIAS (526 mortos oficiais) estes últimos com um importante acervo histórico recuperado e exposto no Museu e Aquário Marinho do CEMAR em Bombinhas

Piratas

Vários devem ter sido os piratas e corsários que passaram por estas águas calmas e protegidas por vários abrigos naturais, mas são poucos os registros oficiais. Sabe-se que em 1591, o sanguinário THOMAS CAVENDISH de origem inglesa, esteve por aqui de passagem após saquear a cidade de Santos.

Em 17/02/1777, o Corsário inglês, a serviço da Coroa Portuguesa, ROBERT MAC-DOUALL, esteve escondido com 11 navios na Praia do Caixa d'aço (Nome dado pelo mesmo) de uma esquadra espanhola invasora de 116 navios e poder de fogo de 920 canhões. O esconderijo foi tão bom que a denominação do local ficou mantida até os dias de hoje.

Por volta de 1850 sabe-se de grande movimentação de navios de piratas, corsários e negreiros na região. Estes piratas e Corsários e alguns outros que circularam por esses mares no passado, certamente motivaram na população local, muitas lendas e estórias sobre tesouros escondidos.

Atrações

Reserva Biológica Marinha do Arvoredo: Conjunto de 3 ilhas (Galés, Arvoredo e Deserta) a 7 Km da costa. É um importante centro de estudos da fauna e flora marinha. Uma das melhores áreas de mergulho do país. Procure uma operadora de mergulho da cidade.
Trilha panorâmica Morro do Macaco: Localizada na Praia do Canto Grande, a trilha leva você ao morro do macaco com 250 km de altitude. Do alto você terá uma bela vista da península de Bombinhas e da reserva biológica Marinha do Arvoredo.
Museu e Aquário Marinho: Mais de 3.000 invertebrados marinhos, fosseis de até 315 milhões de anos atrás, arcada e dentes de tubarões, aves marinhas, coleção de naufrágios brasileiros, mais aquário marinho impressionante, a maior coleção privada sobre o mar em todo o estado de Santa Catarina, Imperdível para todos os amantes do mar.

Notícias

Vem para Bombinhas!!!

Assista ao vídeo de Bombinhas, acesse:


https://youtu.be/pBgRpKrYPKs


 

Entre em Contato

Fone/Fax: 55 (47) 3369-0045

Fone: 55 (47) 3369-2260

Celular: 55 (47) 99953-3400

p.kioske@terra.com.br

Caso deseje, nos envie uma mensagem e responderemos assim que possível.

Agradecemos a mensagem. Retornaremos em contato em breve!
Ops, houve algum problema. Tente novamente mais tarde.

Faça uma Reserva

Selecione um residencial

Residencial Vista Bella

Av. Vereador Manoel José dos Santos, 842 Centro Bombinhas/ SC. CEP 88215-00

Residencial Ilha dos Açores

Rua Parati, 105 Centro, Bombinhas / SC. CEP 88215-000

Residencial Enseada das Garoupas

Av. Vereador Manoel José dos Santos, Nº 1395 Centro, Bombinhas/SC. CEP 88215-000

Agradecemos a mensagem. Retornaremos em contato em breve!
Ops, houve algum problema. Tente novamente mais tarde.

* O envio desta mensagem não garante a reserva. Aguarde, entraremos em contato para confirmação